Bordel de Dona Aurora

Bordel de Dona Aurora de Louis Rudolfo

Claro, que nunca mais quis ver o Louis Rudolfo. Mas sucede que há uns 3 anos, ele deu acordo de si e desde então não mais me largou: Quer que lhe publique o mesmo livro “Os Imorais”, revisto e aumentado, agora sob o título de “O Bordel da Dona Aurora”. Tenho resistido, mas ele não pára de me atentar. “Que diabo, não precisas de dinheiro? – diz-me ao ouvido – E se “Os Imorais”, que era um livreco de cento e poucas páginas, se vendeu tanto, este que tem quase 300 e está muito mais bem escrito, pode fazer a nossa fortuna!” -e atirou-me com o argumento final: Tanto mais que os senhores coronéis e a PIDE estão de férias em viagem pelo estrangeiro. – in Prefácio de Sum Marky.

INDISPONÍVEL

informação do livro

Título: Bordel de Dona Aurora
Autor: Louis Rudolfo
Edição: Ed. Autor
Ano: s.d.
Páginas: 151
Encadernação: Mole

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

Claro, que nunca mais quis ver o Louis Rudolfo. Mas sucede que há uns 3 anos, ele deu acordo de si e desde então não mais me largou: Quer que lhe publique o mesmo livro “Os Imorais”, revisto e aumentado, agora sob o título de “O Bordel da Dona Aurora”. Tenho resistido, mas ele não pára de me atentar. “Que diabo, não precisas de dinheiro? – diz-me ao ouvido – E se “Os Imorais”, que era um livreco de cento e poucas páginas, se vendeu tanto, este que tem quase 300 e está muito mais bem escrito, pode fazer a nossa fortuna!” -e atirou-me com o argumento final: Tanto mais que os senhores coronéis e a PIDE estão de férias em viagem pelo estrangeiro. – in Prefácio de Sum Marky.

Peso 615 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja