Barões de Fina Flor

Modesto Navarro

7,50 

Título: Barões de Fina Flor
Autor: Modesto Navarro
Edição: Futura
Ano: 1974
Páginas: 104
Encadernação: Mole
Obs.: 1ª Edição.

SOBRE
Este livro está baseado em acontecimentos reais, sucedidos no Verão de 1970, em Vila Flor, no nordeste transmontano. Tudo começou com uma reunião, visando a união dos esforços de estudantes e trabalhadores, naturais da vila, para a realização de um espectáculo que despertasse o interesse pela cultura e discussão dos problemas daquela região, casos de emigração, salários, dominio de grandes proprietários etc. Na impossibilidade de efetuar sessões de ci nema ou ensaiar uma peça de teatro, optou-se em fazer de imediato um jogo de teatro em que os presentes às reuniões tomariam parte, e em que iriam expondo, através desse jogo, os problemas econó micos e sociais da região.


SOBRE O AUTOR

António Modesto Navarro (1942). Ficcionista e crítico literário, assinou algumas obras com o nome literário de Artur Cortez. Colaborou em várias publicações periódicas, como Letras & Letras. A ficção de António Modesto Navarro, refletindo a sua atividade de investigador especialmente atento aos problemas sociais, culturais e económicos das zonas rurais, dá continuidade à estética neorrealista, tendo-se afirmado, nos anos 70 e 80, com narrativas de nítida intenção social. Trabalhou em publicidade, já em Lisboa, onde começa a colaborar no suplemento cultural de A Capital. Em 1973, foi um dos primeiros dezasseis sócios fundadores da Associação Portuguesa de Escritores (APE). Colaborador regular de publicações como Seara NovaVérticeMovimento CulturalPoder LocalO DiárioDiário de LisboaDiário de Notícias, etc.. Da sua bibliografia destacam-se: Libelo Acusatório (1968); Barões da Fina Flor (1974); Ir à Guerra (1974) e A Insubmissa (2004).


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar