Antero Vate da Humanidade

«A grandiosidade imensa da sua alma, a dor pungente das suas aspirações, a fidelidade à sua missão, não lhe permitem descanso. Por isso, a sua voz torna-se mais intensa, mais dorida, mais batalhadora em batalhas de procura de vida para tornar melhor o homem, para dar a sua mensagem a toda a humanidade.»

Antero Vale da Humanidade de Reis Brasil

O presente trabalho não é mais do que uma Conferência pronunciada na Associação Aca- démica de Santarém. Em face disto enferma dos vícios inerentes a qualquer conferência. A necessidade de sintetizar obriga a muitas lacunas, que brevemente o autor pensa preencher, publicando um livro em que se note a personalidade anteriana nas suas variadas e múltiplas facetas. Para uma melhor compreensão do conteúdo da conferência fazemo-la preceder da célebre carta de tipo autobiográfico com que foi publicada a tradução alemã dos sonetos de Antero de Quental. A carta é dirigida a Guilherme Storck.

7,00 

informação do livro

Título: Antero Vale da Humanidade
Autor: Reis Brasil
Edição: Ed. Autor
Ano: 1956
Páginas: 74
Encadernação: Mole

Alfarrabista
 

Dedicatória do autor.

O presente trabalho não é mais do que uma Conferência pronunciada na Associação Aca- démica de Santarém. Em face disto enferma dos vícios inerentes a qualquer conferência. A necessidade de sintetizar obriga a muitas lacunas, que brevemente o autor pensa preencher, publicando um livro em que se note a personalidade anteriana nas suas variadas e múltiplas facetas. Para uma melhor compreensão do conteúdo da conferência fazemo-la preceder da célebre carta de tipo autobiográfico com que foi publicada a tradução alemã dos sonetos de Antero de Quental. A carta é dirigida a Guilherme Storck.

Peso 65 g

sugestões do alfarrabista

Antero Vate da Humanidade

«A grandiosidade imensa da sua alma, a dor pungente das suas aspirações, a fidelidade à sua missão, não lhe permitem descanso. Por isso, a sua voz torna-se mais intensa, mais dorida, mais batalhadora em batalhas de procura de vida para tornar melhor o homem, para dar a sua mensagem a toda a humanidade.»

Antero Vale da Humanidade de Reis Brasil

O presente trabalho não é mais do que uma Conferência pronunciada na Associação Aca- démica de Santarém. Em face disto enferma dos vícios inerentes a qualquer conferência. A necessidade de sintetizar obriga a muitas lacunas, que brevemente o autor pensa preencher, publicando um livro em que se note a personalidade anteriana nas suas variadas e múltiplas facetas. Para uma melhor compreensão do conteúdo da conferência fazemo-la preceder da célebre carta de tipo autobiográfico com que foi publicada a tradução alemã dos sonetos de Antero de Quental. A carta é dirigida a Guilherme Storck.

Preço: 7,00 

informação do livro

Título: Antero Vale da Humanidade
Autor: Reis Brasil
Edição: Ed. Autor
Ano: 1956
Páginas: 74
Encadernação: Mole

Alfarrabista
 

Dedicatória do autor.

O presente trabalho não é mais do que uma Conferência pronunciada na Associação Aca- démica de Santarém. Em face disto enferma dos vícios inerentes a qualquer conferência. A necessidade de sintetizar obriga a muitas lacunas, que brevemente o autor pensa preencher, publicando um livro em que se note a personalidade anteriana nas suas variadas e múltiplas facetas. Para uma melhor compreensão do conteúdo da conferência fazemo-la preceder da célebre carta de tipo autobiográfico com que foi publicada a tradução alemã dos sonetos de Antero de Quental. A carta é dirigida a Guilherme Storck.

Peso 65 g

Sugestões do Alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja