Amor de Salvação

Amor de Salvação, obra de Camilo Castelo Branco, publicada em 1863, é uma novela passional, considerada pela crítica uma das obras mais bem acabadas do autor. Um romance sobre emoções perturbadoras, que resistem ao tempo e sobrevivem a todos os obstáculos de uma época extremamente conservadora.

O autor enaltece nesta obra o carácter salvador do amor, como um sentimento capaz de regenerar os corações distantes da vida digna: afasta boémios das tabernas, as mulheres dos leitos quentes e restaura a honra e o perdão nos corações humanos. Com lirismo e ironia, o autor retrata o drama do protagonista Afonso, que se divide entre o amor de duas mulheres: Mafalda, a mulher-anjo representada por uma jovem do meio rural, e Teodora, a mulher-demónio personificada pela mulher da cidade.

Apesar do título, Amor de Salvação, a obra relata em quase toda sua extensão, um amor de perdição entre Afonso e Teodora. Ao amor de salvação, Mafalda, são dedicadas somente as últimas páginas do romance.

A história descreve lembranças que são contadas ao narrador pelo protagonista, Afonso de Teive, numa noite de Natal, após um reencontro entre os dois personagens, que não se viam há quase doze anos.

5,00 

5,00 

informação do livro

Amor de Salvação de Camilo Castelo Branco. Livraria Chardon. Porto, s.d., 208. Dura. 5ª Edição Ilustada.

Alfarrabista


Sem apontamentos.

Amor de Salvação, obra de Camilo Castelo Branco, publicada em 1863, é uma novela passional, considerada pela crítica uma das obras mais bem acabadas do autor. Um romance sobre emoções perturbadoras, que resistem ao tempo e sobrevivem a todos os obstáculos de uma época extremamente conservadora.

O autor enaltece nesta obra o carácter salvador do amor, como um sentimento capaz de regenerar os corações distantes da vida digna: afasta boémios das tabernas, as mulheres dos leitos quentes e restaura a honra e o perdão nos corações humanos. Com lirismo e ironia, o autor retrata o drama do protagonista Afonso, que se divide entre o amor de duas mulheres: Mafalda, a mulher-anjo representada por uma jovem do meio rural, e Teodora, a mulher-demónio personificada pela mulher da cidade.

Apesar do título, Amor de Salvação, a obra relata em quase toda sua extensão, um amor de perdição entre Afonso e Teodora. Ao amor de salvação, Mafalda, são dedicadas somente as últimas páginas do romance.

A história descreve lembranças que são contadas ao narrador pelo protagonista, Afonso de Teive, numa noite de Natal, após um reencontro entre os dois personagens, que não se viam há quase doze anos.

Peso 230 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja