Alguém Que “Agarrou” o Evangelho

Alguém Que "Agarrou" o Evangelho de Manuel Martins

Natural de Quinta do Anjo, Carmita Fortuna, viveu a sua vida no serviço aos outros, guiada pelos valores do Evangelho, e tornou-se ‘mãe de família’ adotando seis crianças que tinham sido abandonadas. Faleceu em 1980, com pouco mais de quarenta anos de idade, mas deixou uma marca de santidade em todos quantos a conheceram. Foi assim, olhando para uma vida admirável com a de Carmita, que nasceu o desejo de levar por diante esta exposição, apesar de já terem passado mais de trinta anos desde a sua morte.

«Na diocese falava-se muito em fazer-se alguma coisa sobre a Carmita porque, logo quando ela morreu, o nosso primeiro Bispo, D. Manuel Martins dizia que tinha que se fazer alguma coisa para dar a conhecer a vida de Carmita. Esteve este tempo todo à espera mas esta é que foi a altura de dar a conhecer uma mulher simples que fala pelas obras e que os seus escritos acompanham. O que ela fez, fê-lo com o sentido do Evangelho», explica-nos o Padre Carlos Filipe, prior da Quinta do Anjo.

5,00 

informação do livro

Título: Alguém Que “Agarrou” o Evangelho
Autor: Manuel da Silva Martins [Pref.]
Edição: Comunidade Cristã da Quinta do Anjo
Ano: 1983
Páginas: 138
Encadernação: Mole
Título Completo: Alguém Que “Agarrou” o Evangelho (Evocando Carmita Fortuna)

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

Natural de Quinta do Anjo, Carmita Fortuna, viveu a sua vida no serviço aos outros, guiada pelos valores do Evangelho, e tornou-se ‘mãe de família’ adotando seis crianças que tinham sido abandonadas. Faleceu em 1980, com pouco mais de quarenta anos de idade, mas deixou uma marca de santidade em todos quantos a conheceram. Foi assim, olhando para uma vida admirável com a de Carmita, que nasceu o desejo de levar por diante esta exposição, apesar de já terem passado mais de trinta anos desde a sua morte.

«Na diocese falava-se muito em fazer-se alguma coisa sobre a Carmita porque, logo quando ela morreu, o nosso primeiro Bispo, D. Manuel Martins dizia que tinha que se fazer alguma coisa para dar a conhecer a vida de Carmita. Esteve este tempo todo à espera mas esta é que foi a altura de dar a conhecer uma mulher simples que fala pelas obras e que os seus escritos acompanham. O que ela fez, fê-lo com o sentido do Evangelho», explica-nos o Padre Carlos Filipe, prior da Quinta do Anjo.

Peso 150 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja