Aborto de Deus: Vida de São Paulo

«Quando encontra Paulo, Lucas já é cristão. Experimentou pessoal- mente os problemas, os entraves, os conflitos e os perigos que a sua própria conversão lhe acarretou. Como acontece com todos os crentes, faz perguntas; Paulo responde. É atormentado por dúvidas; Paulo dissipa-as. Lucas percebe que se lhe depara uma oportunidade insigne, dessas que surgem uma vez na vida.»

«Homem sem limites, imenso. Louco por Cristo, numa fé fervorosa e exasperante. Começou por ser dos mais impiedosos perseguidores dos cristãos – os métodos que empregara preconizam alguns métodos das polícias políticas do século XX, mas, a caminho de Damas, conta como Jesus se dirigiu a ele: «…apareceu- -me também a mim, como a um aborto. É que eu sou o menor dos Apóstolos…>> Místico e estratega. Foi o primeiro a compreender que o cristianismo não teria futuro se não virasse o leme na direcção dos pagãos. Foi grandioso na arte epistolar. Genial nas conversões que consumou e nos moldes que construiu para o cristianismo – alguns quererão mesmo vê-lo como o seu fundador. Paulo propõe a sua visão de um Cristo, que nunca chegou a conhecer, e concebe, muito antes da escritura dos Evangelhos, as leis por que a Igreja se irá reger»

Indisponível

Esgotado

Indisponível

Esgotado

informação do livro

Título: Aborto de Deus: Vida de São Paulo
Autor: Alain Decaux
Edição: Quetzal
Ano: 2004
Páginas: 303
Encadernação: Mole
Tradução: Victor Antunes
Depósito Legal: 207403/04
ISBN: 972-564-598-7

Alfarrabista

 

Sem apontamentos

«Homem sem limites, imenso. Louco por Cristo, numa fé fervorosa e exasperante. Começou por ser dos mais impiedosos perseguidores dos cristãos – os métodos que empregara preconizam alguns métodos das polícias políticas do século XX, mas, a caminho de Damas, conta como Jesus se dirigiu a ele: «…apareceu- -me também a mim, como a um aborto. É que eu sou o menor dos Apóstolos…>> Místico e estratega. Foi o primeiro a compreender que o cristianismo não teria futuro se não virasse o leme na direcção dos pagãos. Foi grandioso na arte epistolar. Genial nas conversões que consumou e nos moldes que construiu para o cristianismo – alguns quererão mesmo vê-lo como o seu fundador. Paulo propõe a sua visão de um Cristo, que nunca chegou a conhecer, e concebe, muito antes da escritura dos Evangelhos, as leis por que a Igreja se irá reger»

Peso 550 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja