A Europa dos Padrinhos

Fabrizio Calvi

5,00 

Título: A Europa dos Padrinhos
Autor: Fabrizio Calvi
Edição: Terramar
Colecção | Nº: Actualidades | 3
Ano: 1995
Páginas: 291
Encadernação: Mole
Capa: Carlos Lains
Tradução: Paula Reis
Título Original: L’ Europe des Parrains – La Mafia à l’assaut de l’Europe
Depósito Legal: 90794/95
ISBN: 972-710-116-X

Categorias: , , Etiqueta:

SOBRE
Desde há anos que a Máfia deixou de ser apenas um flagelo siciliano. Depois de ter gangrenado irresistivelmente o tecido social da península italiana, atingindo inclusive as mais altas esferas do Estado, a Máfia lançou-se ao assalto da Europa – que aliás, de certo modo, lhe estendeu os braços, em consequência das guerras e guerrinhas que quase sempre existiram entre as diversas polícias que têm competido entre si na caça aos mafiosos e seus protectores e também devido a muitas e muitas falhas no sistema jurídico e judicial.
O fenómeno já atingiu o próprio coração das instituições políticas e económicas da C.E.E. – bastará lembrar que ultrapassa a casa dos biliões o valor dos subsídios agrícolas desviados a favor do Crime Organizado. A especulação imobiliária e a corrupção em França e Espanha, os assassínios e as redes de contrabando e prostituição na Alemanha, o tráfico de mão-de-obra na Bélgica, de droga e de armas na Grã-Bretanha, de «branqueamento» ou de «reciclagem» de dinheiro na Suiça… são actualmente algumas das imagens visíveis de uma certa Europa. Nem Portugal escapa… embora seja quase desconhecida a actuação da Máfia neste país.
De qualquer modo, a Máfia não esperou pelo alargamento do Mercado Comum, nem pela abertura das suas fronteiras, para se difundir como a peste. Não respeitando nada nem ninguém, tem vindo a construir uma nova Europa, sem definição geográfica nem política – a Europa dos Padrinhos. Reconstituindo em pormenor uma tal invasão, Fabrizio Calvi põe a nu, pela primeira vez, as verdadeiras conexões que existem entre os clãs do Crime Organizado europeu. Retoma algumas investigações essenciais, embora ignoradas. Elabora mesmo a impressionante lista dos casos arquivados e sem procedimento posterior, para não se falar já daqueles que foram abafados pela corrupção. O autor revela assim a amplitude dos danos provocados pela «Euromáfia», de modo que o leitor obtenha uma imagem geral muito mais próxima da realidade.


SOBRE O AUTOR

Fabrizio CalviFabrizio Calvi (27 de maio de 1954). Jornalista de investigação italiano com inúmeros trabalhos  sobre a Máfia, tanto para a Imprensa como para a Televisão. Publicou diversos livros, com destaque para La Vie Quotidienne de la Mafia de 1950 à Nos Jours (1986) e A Europa dos Padrinhos (1993).

 

 

 


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar