A Engomadeira

A Engomadeira de Almada Negreiros

Um dia a mãe comprou chapéu para ir em pessoa pedir à dona da Engomadoria que não deixasse a filha passar a ferro as ceroulas dos homens porque parecia mal a uma menina decente. Daqui a chacota endiabra- da das outras que a não deixavam e até lhe chamavam o Quelhas. E eram empurrões e risotas e pisadelas a fingir sem querer e um dia até lhe descoseram a saia. E também não suportavam que os que espreitavam na rua olhassem mais para ela quando já estava resolvido entre todas as engomadeiras que ela era a mais feia.

7,00 

SKU 20240123_1137 Categoria Autor

informação do livro

A Engomadeira de Almada Negreiros. Edições Rolim. Lisboa, 1986, 64 págs. Mole

[Assinatura de posse]

Um dia a mãe comprou chapéu para ir em pessoa pedir à dona da Engomadoria que não deixasse a filha passar a ferro as ceroulas dos homens porque parecia mal a uma menina decente. Daqui a chacota endiabra- da das outras que a não deixavam e até lhe chamavam o Quelhas. E eram empurrões e risotas e pisadelas a fingir sem querer e um dia até lhe descoseram a saia. E também não suportavam que os que espreitavam na rua olhassem mais para ela quando já estava resolvido entre todas as engomadeiras que ela era a mais feia.

Peso 110 g

sugestões do alfarrabista

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja