A Disfunção da Realidade: Emergência

Peter F. Hamilton

10,00 

Título: A Disfunção da Realidade: Emergência
Autor: Peter F. Hamilton
Edição: Livros do Brasil
Colecção | Nº: Argonauta Gigante | 8 e 9
Ano: 2000
Páginas: 2 vols
Encadernação: Mole
Capa: A. Pedro
Tradução: Elsa T. S. Vieira
Título Original: The Reality Disfunction
ISBN: 972-38-1785-3

SOBRE
Volume I
Frequentes vezes comparado a obras de ficção científica tão universalmente prestigiadas como Dune, ou a série Fundação, classificado pelo jornal The Times como «o melhor da ficção científica». A Disfunção da Realidade é um romance épico, uma aventura intergaláctica que ninguém esquecerá. Peter F. Hamilton, o seu autor, pertence a uma nova geração de escritores que trouxeram para este tipo de literatura o conhecimento de inesgotáveis possibilidades com que a cria. ciência e a tecnologia mais recentes vieram confrontar-nos. A sua imaginação fulgurante, uma espantosa noção de ritmo narrativo, fazem das histórias que páginas que nenhum leitor ousará deixar antes da última linha.
Talvez possa dizer-se que tudo começara no já longínquo ano de 2090, quando se haviam esboçado os primeiros traços da cultura Edenista. Ou em 2208, quando foram criadas as primeiras naves movidas a anti -matéria. Quando a história realmente se inicia, porém, é como se aquele mundo estivesse em vésperas de se desintegrar. Um pouco por todo o lado, avolumam-se preocupações. E só uma fonte de memória de uma raça alienígena há muito extinta, os Laymil, encerra uma explicação para o que todo esse caos na realidade é: os Laymil chamavam-lhe A Disfunção da Realidade. Poderiam ter-lhe chamado Inferno…
Volume II
«Os contentores tinham dois metros de comprimento; uma espessa concha protectora de silicone branco protegia-os das variações de temperatura que encontravam no espaço. De acordo com o código, continham bobinas de alta densidade, de compres são magnética. E noventa por cento dos contentores continham realmente aquilo que diziam; os outros dez por cento continham bobinas mais pequenas e compactas, que produziam um campo magnético ainda mais forte, adequado a armazenamento de anti-matéria. Joshua sentiu uma pontada de apreensão. Dentro do sistema de Nova Califórnia, as bobinas eram uma carga legítima, apesar do código enganador. No espaço interestelar a sua legalidade era extremamente ambígua. E no sistema de Puerto de Santa Maria, para onde ele ia, as bobinas significavam que ele estaria metido em merda até ao pescoço se fosse apanhado.»
Assim prossegue A Disfunção da Realidade, uma aventura intergaláctica que um pouco por todo o mundo tem apaixonado centenas de milhares de lei tores. Peter F. Hamilton, o seu autor, pertence a uma nova geração de escritores, que trouxeram para este tipo de literatura o conhecimento aprofundado das inesgotáveis (e por vezes perigosas) possiblidades com que a ciência e a tecnologia mais recentes vieram confrontar-nos.
A sua imaginação fulgurante e uma espantosa noção de ritmo narrativo fazem das histórias que cria, obras que nenhum leitor ousará deixar antes do seu desfecho.


SOBRE O AUTOR

Peter F. Hamilton

(1960)

Peter F. Hamilton nasceu em Rutland, Inglaterra, no ano de 1960, e hoje vive perto de Rutland Water. Começou a sua carreira de escritor em 1987, e vendeu o seu primeiro conto à revista Fear, no ano seguinte. Daí em diante, tem publicado outras narrativas em revistas como Interzone, e também em antologias como In Dreams e New Worlds. A Disfunção da Realidade vi ria a ser considerada uma das obras-primas da mais recente ficção científica. Para além desta obra, Peter F. Hamilton é ainda autor dos romances Mindstar Rising (1993), A Quantum Murder (1994) e The Nano Flower (1995). A Disfunção da Realidade teve já um prolongamento no romance The Neutronium Alchemist (1998).


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar