Publicado em

Manuel Mendes

Manuel Mendes (1906-1969). Jornalista, ficcionista, ensaísta, tradutor, escultor e crítico de arte.  Colaborou em periódicos que marcaram a cultura portuguesa do segundo quartel do século XX, como Seara Nova, Revista de Portugal ou Vértice. Desenvolveu na clandestinidade atividade política de luta contra o regime salazarista, integrou a Frente Popular durante a Guerra Civil de Espanha, foi membro da Comissão Central do Movimento de Unidade Democrática, dirigiu a Ação Socialista Portuguesa.  Da sua bibliografia destacam-se as obras: “Bairro” (1945); “Aquilino Ribeiro” (1960); “Roteiro Sentimental: Douro” (1964).