Publicado em

Luuanda de José Luandino Vieira um livro que perturbou o Estado Novo…

Luuanda de José Luandino Vieira um livro que perturbou o Estado Novo…

Em 1965, a Sociedade Portuguesa de Escritores (SPE) atribuiu a esta obra o Grande Prémio de Novela. A notícia foi amplamente divulgada na comunicação social sem tanto estes como os Serviços de Censura tenham-se apercebido inicialmente que o escritor se encontrada detido na Prisão do Tarrafal pela sua actividade enquanto membro do Movimento Popular de Libertação de Angola. Quando o Estado Novo saiu do estado de letargia face a esta situação foi célere em resolver o assunto pelos seus meios tradicionais: Inocêncio Galvão Teles, Ministro da Educação extingue a SPE a 21 de Maio de 1965, um grupo “desconhecido” destrói a sua sede, e três dos membros da direcção: Alexandre Pinheiro Torres, Augusto Abelaira e Manuel da Fonseca são detidos pela Polícia Política.

Nota: Fac-simile da 1ª Edição.