Gustave Flaubert, o autor e a obra

Embora o romance mais popularizado de Gustave Flaubert seja «Madame Bovary» (1856), graças ao escândalo um processo por obscenidade, o certo é que «A Educação Sentimental» assumiu, na vida e na obra do escritor, um papel bem mais importante. Quatro versões foram precisas antes de ser alcançada a perfeição, existindo, entre a primeira e a última, um intervalo superior a trinta anos. Na verdade, logo em 1838, Flaubert nascido em Rouen, a 21 de Dezembro de 1821, iniciara a série de versões, com o título de Memórias de um Louco. Inédita até 1900, a obra conta a decepção amorosa de um adolescente provinciano apaixonado por uma parisiense casada, com quem ele mal chegara a falar, e representa a transposição romanesca de um caso vivido pelo autor. A mesma decepção amorosa torna a manifestar-se nas segunda e terceira versões, ambas muito belas, respectivamente, Novembro, escrita em 1841, e A Primeira Educação Sentimental, em 1845, mas só publicada em 1914. Por Jim, em Outubro de 1864, começa aquela que viria a ser a redacção definitiva do romance, sob o título de A Educação Sentimental, aparecida nos escaparates em 17 de Novembro de 1869.

Desta vez, a história básica do amor frustrado de um jovem por uma mulher mais velha e casada amplia-se, entronca e suporta uma intriga de outro alcance: recriar minuciosa- mente toda a vida parisiense de meados do século XIX, toda a fermentação sócio-política que conduziu à Revolução de 1848 e ao golpe de Estado subsequente.

Recorde-se que os Bourbons haviam reocupado o trono de França em 1814 (Luis XVIII e Carlos X), mas que a aristocracia, senhora das terras, lograra afastar Carlos X, através da contra-revolução de 1830, colocando no seu lugar Luis-Filipe, o qual nada mais fez do que acentuar o predomínio politico e económico da burguesia.

É, pois, neste tipo de sociedade que, em 1840, começa a trama de A Educação Sentimental, que há-de levar o leitor a reviver a Revolução de Fevereiro de 1848 – instauradora da Segunda República e do sufrágio universal  – e a revolta operária de Junho seguinte que conferiu a vitória aos conservadores.

A Educação Sentimental transcende, portanto, os limites acanhados do mero romance de amor para atingir as culminâncias de uma lúcida reconstituição histórica, a dimensão de uma epopeia moderna.

Talvez se torne mais fácil compreender a personalidade do jovem apaixonado, que encarna o próprio autor, se atentar- mos no que foi a vida deste, mesmo a traços largos. O pai de Flaubert era cirurgião-chefe e o filho acabou por passar a infância num hospital, em contacto com o sofrimento e a morte. Já iniciara os seus estudos de Direito, quando a falta de saúde o forçou a interromper o curso, alivio grande para ele, porquanto, ainda no liceu, só admitia poder vir a ser escritor e nada mais. De facto, apenas com treze anos, começa a redigir sozinho um pequeno jornal, «Colibri», em que publica, por exemplo, Viagem ao Inferno (1835), Sonho de Inferno (1837) e Dança dos Mortos (1839). Em 1842, encontra Élise Schlésinger, o grande amor não correspondido da sua vida, e que o faz encarar dai em diante a existência como um malogro perpétuo. Vinga-se, porém, com um gosto vicioso pelas meretrizes e um asco profundo pelas burguesas, pois, como afirmou, «o que hå de menos prostituído, até agora, são as prostitutas». Em 1846 conhece Louise Collet, que será sua amante largos anos. Escrever e viajar tornam-se as suas ocupações principais até ao dia da morte, ocorrida em Croisset, a 8 de Maio de 1880.

As numerosas cartas que enviou a amigos e amigas, e que revelam uma paradoxal natureza romântica, acham-se reunidas em treze grossos volumes de Correspondência. Assinalem-se, por último, as restantes obras de Flaubert, incluindo as publicadas postumamente: Smarh (1839), Salammbo (1862), A Tentação de Santo António (1874), Três Contos (1877), Diccionário dos Lugares-Comuns (1880), Bouvard e Pécuchet (1881), Pelos Campos e pelas Praias (1885).

.C.S

(In Educação Sentimental de Gustave Flaubert. Círculo de Leitores. Lisboa, 1975, 426 págs. Dura.

0
    0
    Carrinho
    Carrinho VazioRegressar à Loja