Publicado em

Georges Simenon

Georges Simenon nasceu em Liège, em 1903, e morreu em Lausanne, em 1989. O seu primeiro romance, Au Pont des Arches, data de 1921 e é rnmeiro de uma vasta produção, constituída por 193 romances assinados com o seu próprio r. me e outros duzentos publicados sob vários pseudónimos. Mudando-se para Paris, rapidamente se torna popular graças ao personagem do comissário Maigret, protagonista de setenta e seis romances, entre os quais devemos destacar Maigret e o Caso Saint-Fiacre (1932), e Le Testament Donadieu (1937), Uma Confidência de Maigret (1959), A Hesitação de Maigret (1968) e Maigret e o Mercador de Vinho (1970). De entre os restantes títulos, destacaremos La fuite de monsieur Monde (1934), O Homem Que Via Passar os Comboios (1938), Le voyageur de la Toissaint (1941), Lettre a mon Juge (1974), Le fils (1957) e Les innocents (1972). Simenon é ainda autor de algumas obras autobiográficas, como Carta para Minha Mãe (1974) e Memoires intimes, suivi du Livre de Marie-Jo (1978).