Publicado em

Amadeu Baptista

Amadeu Baptista nasceu no Porto, a 6 de Maio de 1953. O seu primeiro livro, As Passagens Secretas, data de 1982, tendo publicado, entretanto, mais de trinta títulos de poesia, entre os quais destaca: Paixão (Prémio Vítor Matos e Sá, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e Prémio Teixeira de Pascoaes), de 2003; Poemas de Caravaggio (Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire e Prémio Literário João Lúcio), de 2008; Os Selos da Lituânia(Prémio Edmun do Bettencourt Cidade do Funchal), de 2008; Açougue (Prémio Espiral Maior, Espanha), de 2008 e Um Pouco Acima da Miséria (Prémio de Poesia Cidade de Ourense, Espanha), de 2014.

Publicou um livro de prosa, Estrela de Bizâncio, em 2010, bem como cinco livros de literatura para a infância. Organizou cinco antologias temáticas de poesia. Durante vários anos, manteve o blog amadeubaptistablogspot.pt.

Tem colaboração dispersa em inúmeros jornais, revistas, antologias e livros coletivos de poesia, nos seguintes países, além de Portugal: Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, E.U.A., Espanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Luxemburgo, México, Roménia e Uruguai.

Alguns dos seus poemas foram traduzidos para alemão, castelhano, catalão, croata, francês, hebraico, inglês, italiano e romeno. Representou Portugal em vários encontros internacionais de escritores, designadamente na Bélgica, em Espanha, em França, no Luxemburgo e no México. É tradutor e divulgador de poetas escandinavos, espanhóis, gregos e latino-americanos. Reside em Vila Nova de Gaia.