Publicado em

Adolfo Casais Monteiro

Adolfo Casais Monteiro Adolfo Casais Monteiro (1908-1972). Poeta, ficcionista, crítico literário e ensaísta. Em 1929 colaborou na revista “A Águia”. O seu nome encontra-se vinculado, porém, à história da revista Presença, cuja direcção integrou, ao lado de José Régio e João Gaspar Simões, a partir de 1931, e em cujas edições publicou as suas primeiras colectâneas poéticas. Colaborou em inúmeras publicações periódicas; dirigiu, com António Pedro, o Mundo Literário (1946-47); e desenvolveu, até 1954, data do seu exílio no Brasil, uma intensa atividade como editor e como tradutor (traduziu Baudelaire, Charlotte Bronte, Caldwell, Alexis Carrel, George Eliot, Hemingway, Philippe Hériat, Kierkegaard, Jules Lachelier, Robert Margerit, Stendhal, Tolstoi, Henri Troyat). Da sua bibliografia destacam-se as obras: Cadernos de Poesia (1940), Aventura (1942-43), Notícias do Bloqueio (1957-1961) ou Cadernos do Meio-Dia (1958-1960).