Último Homem na Torre

8,00 

Título: O Último Homem na Torre
Autor: Aravind Adiga
Edição: Presença
Colecção | Nº: Grandes Narrativas | 504
Ano: 2011
Páginas: 467
Encadernação: Mole
Capa: Vera Espinha
Tradução: Alice Rocha
Título Original: Last Man in Tower
Depósito Legal: 328865/11
ISBN: 978-972-23-4540-8

 

 

SINOPSE
O Último Homem na Torre é o novo e muito aguardado romance de Aravind Adiga autor de O Tigre Branco, o celebrado Booker Prize de 2008. A acção passa-se em Mumbai (Bombaim), uma imensa metrópole onde coexistem mundos de pobreza e privação, uma gananciosa e empreendedora camada de novos-ricos e uma pequena burguesia orgulhosa das suas tradições e dos seus princípios morais… É o caso dos moradores das Torres A e B, propriedade da Cooperativa de Habitação Vishram, inaugurada em 1959. Apesar de todos os problemas que afligem os moradores, quando o empresário e construtor civil Dharmen Shah lhes oferece uma generosa indemnização para que deixem as suas casas a fim de ali construir um luxuoso complexo de apartamentos, a primeira reacção destes é de recusa. O contrato contém no entanto uma cláusula perversa, que pouco a pouco irá minar os laços de solidariedade entre os vizinhos e fazer subir o clima de tensão entre todos, colocando-os em situações limite. Nesta galeria de tipos humanos, que seduz pela sua diversidade e riqueza, reflecte-se a própria cidade, afinal a grande protagonista deste romance.


SOBRE O AUTOR

Aravind Adiga nasceu em Madras (actual Chennai) em 1974. Cresceu em Mangalore, no Sul da Índia. Viveu parte da sua vida na Austrália e nos Estados Unidos, onde frequentou as universidades de Columbia e Oxford . Trabalhou para o New Yorker, o Sunday Times, o Financial Times, o Times of India, entre outros jornais. O seu primeiro romance, O Tigre Branco, foi distinguido com o Booker Prize (2008), Entre os Assassinatos, um título constituído por um conjunto de histórias, saiu ainda nesse mesmo ano. Atualmente é jornalista freelancer e vive em Mumbai, na Índia. A sua ficção foi já traduzida em cerca de 15 países.


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar