O Triunfo da Morte

Augusto Abeleira

20,00 

Título: O Triunfo da Morte
Autor: Augusto Abeleira
Edição: Sá da Costa
Ano: 1981
Páginas: 146
Encadernação: Mole
Capa: Sebastião Rodrigues
Obs.: 1ª Edição.

Em stock

SINOPSE

O Triunfo da Morte é construído como um conjunto de fragmentos ligados pela voz do narrador, um espelho quebrado onde em cada pedaço se reflete a imagem dos outros. Não é certamente por acaso que, a certo momento, uma das personagens se refere ao Tristram Shandy de Sterne, pois o romance de Abelaira é ele também, apesar da diminuta extensão, um livro feito de livros, ou, mais propriamente, de citações (verdadeiras ou inventadas) sobre outros livros e sobre outros autores.


SOBRE O AUTOR

Escritor, professor e jornalista, nasceu em 1926 em Ançã, Cantanhede. Foi director de programas na RTP e director da Seara Nova. Estreou-se literariamente com A Cidade das Flores (1959), onde traça o perfil de uma certa juventude portuguesa do após-guerra. Em As Boas Intenções (1963), romance que obteve o Prémio Ricardo Malheiros, prossegue com o retrato da pequena burguesia citadina. Sem Tecto entre Ruínas vale-lhe o Prémio Cidade de Lisboa em 1979. Mais recentemente, publicou Deste Modo ou Daquele (1990) e Outrora Agora (1996). Esta última obra valeu-lhe o Grande Prémio de Romance e Novela, atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores, em 1997. Faleceu em Lisboa, no ano de 2003.