O Fascismo em Portugal

15,00 

Título: O Fascismo em Portugal
Autor: António Costa Pinto
Edição: A Regra do Jogo
Ano: 1982
Páginas: 551
Encadernação: Mole
Obs.: Actas do Colóquio realizado na Faculdade de Letras em Março de 1980.

 

EXCERTO
Quando em 1934 Salazar intima os Nacionais-Sindicalistas à dissolução, termina uma batalha latente nas fileiras nacionalistas. Esta já estava no entanto ganha no campo político e organizativo. A célebre nota oficiosa de 29 de Julho de 1934 representa apenas o golpe formal em algo que já se encontrava cindido com mestria e moribundo.


SOBRE O AUTOR

António Costa Pinto é investigador coordenador no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.  As suas obras têm incidido sobretudo sobre o autoritarismo, as elites políticas, as transições democráticas e a justiça de transição. Foi presidente da Associação Portuguesa de Ciência Política.  Publicou A Vaga Corporativa (Imprensa de Ciências Sociais, 2016), com Francisco Martinho, e em inglês, Corporatism and Fascism. The corporatist Wave in Europe (Routledge, 2017).  É coautor, com André Freire, do livro O Poder Presidencial em Portugal. Os Dilemas dos Poderes dos Presidentes na Republica Portuguesa (D. Quixote, 2010).


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar