Feelings of Justice in the Chinese Community of Macao

Indisponível

Título: Feelings of Justice in the Chinese Community of Macao
Autor: António Manuel Hespana (Ed.)
Edição: Imprensa Ciências Sociais
Ano: 2003
Páginas: 253
Encadernação: Mole
Capa: João Segurado
Depósito Legal: 191395/03
ISBN: 972-671-053-3

 

SINOPSE

A feeling of justice is something that is difficult to describe. It is particularly so when dealing with an everyday notion of what is ‘fair’ or ‘unfair’ in a culturally distant community, and even more in a context of rapid cultural transition. This book illustrates these perils clearly. It is an enquiry directed at the Chinese population of Macao, in mid-1999, concerning their knowledge of official law and their sense in matters of what constitutes ‘justice’ or ‘injustice’ in a wide variety of situations. It contains an analytical study of the data collected, followed by a number of interpretaive studies based on them. Although essentially academic in its orientation, it is a valuable contribution to the improvement of policies on civil rights in the region.


SOBRE O AUTOR

António Hespanha (Coimbra, 1945). Licenciado em Direito e Doutor em História. Professor catedrático jubilado da Faculdade de Direito da Universidade nova de Lisboa. investigador Honorário do instituto de Ciências sociais da Universidade de Lisboa. Doutor honoris causa pelas Faculdades de Direito da Universidade de Lucerna (Suíça) e da Universidade Federal do Paraná (Brasil). Professor ou investigador visitante em várias instituições académicas portuguesas e estrangeiras. Membro dos conselhos científicos e conselhos editoriais de múltiplas instituições e publicações universitárias. Ex-diretor-geral do Ensino superior (1974). Ex-comissário geral para a Comemoração dos Descobrimentos Portugueses (1997-2000). Membro do instituto Histórico-Geográfico do Rio de Janeiro (2003). Grande Oficial da Ordem de santiago (2002). Prémio Universidade de Coimbra (2005). Membro externo do Conselho Geral da Universidade de Coimbra (2012). sócio correspondente da Academia nacional de História da Argentina (2015). Autor de duas dezenas de livros e de mais de centena e meia de artigos científicos, sobretudo nas áreas da História, História do Direito e teoria do Direito.


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar