A Terceira Vaga

6,00 

Título: A Terceira Vaga
Autor: Alvin Toffler
Edição: Livros do Brasil
Colecção | Nº: Colecção Vida e Cultura | 104
Ano: 1984
Páginas: 494
Encadernação: Mole
Capa: A. Pedro
Tradução: Fernanda Pinto Rodrigues
Título Original: The Third Wave

 

 

 

Categorias: , Etiqueta:

SINOPSE:
Uma obra explosiva que altera dramaticamente a maneira como cada qual se vê a si próprio e analisa o mundo que o rodeia. Antevê a economia do mundo do futuro e o sentido de personalidade individual e familiar numa sociedade pós-nuclear, assim como as atitudes sexuais dos humanos vindouros, as suas preferências no campo da política, do trabalho e dos lazeres. A Terceira Vaga é pois uma antecipação iluminada do amanhã.


SOBRE O AUTOR

(Nova Iorque, 4 de outubro de 1928 – Los Angeles, 27 de junho de 2016) foi um escritor e futurista norte-americano, doutorado em Letras, Leis e Ciência, conhecido pelos seus textos sobre a revolução digital, a revolução das comunicações e a singularidade tecnológica.

Os seus primeiros trabalhos deram destaque à tecnologia e ao seu impacto (através de efeitos como a sobrecarga de informação). Mais tarde centrou-se em examinar a reação da sociedade e as mudanças que esta sofre. Os seus últimos trabalhos têm abordado o estudo do poder crescente do armamento militar do século XXI, as armas e a proliferação da tecnologia e o capitalismo. Foi casado com Heidi Toffler, também uma escritora futurista.

O Choque do futuro foi seu primeiro livro, e um sucesso editorial, mas Alvin Toffler se tornou conhecido do grande público por sua obra A Terceira Vaga de 1980, na qual descreve a evolução da sociedade humana, desde o tempo do predomínio das atividades agrícolas, passando pela fase industrial, até a era pós industrial, a era da informação. A expressão “terceira onda” foi amplamente adotada e passou a estar presente no cotidiano da mídia, do meio acadêmico e empresarial. Alvin Toffler se tornou uma referência sobre assuntos contemporâneos, e as perspectivas de seu desenvolvimento, em um futuro mais ou menos remoto. O modo, enfim, como a sociedade experimentará os efeitos dessas mudanças em termos políticos, econômicos e nos demais aspectos da vida social