A Formação dos Intelectuais

5,00 

Título: A Formação dos Intelectuais
Autor: António Gramsci
Edição: M. Rodrigues Xavier
Colecção | Nº: Colecção 70 | 5
Ano: 1972
Páginas: 151
Encadernação: Mole
Tradução: Serafim Ferreira
Título Original: Antologia Delgli Scritti
Obs.: Com assinatura de posse.

Categorias: , Etiqueta:

SINOPSE
Fazem parte deste livro uma selecção de textos de uma obra que com toda a justiça, se denominou como «esse monumento do pensamento, “Os Cadernos do Cárcere”, de António Gramsci».
No ponto máximo dos objectivos da luta pequa qual Gramsci deu a sua vida, e dando corpo a todos eles, encontra-se a preocupação de conseguir realmente uma transformação do homem que faça de si mesmo um verdadeiro ser humano.
Mas um homem total e pleno apenas será possível, quando através das necessárias transformações económicas e sociais no seio da sociedade, cada um dos seus membro se converta num ser plenamente formado e consciente do ponto de vista cultural, quando conseguir dominar os fundamentos gerais e essenciais conquistados pelas ciências.
Para Gramsci, todos os homens devem chegar a ser verdadeiros intelectuais, dado que mesmo o trabalho mais elementar exige a participação no pensamento.


SOBRE O AUTOR

Filósofo e escritor italiano, nascido em 1891 e falecido em 1937, oriundo de uma família muito pobre, estudou Linguística na Universidade de Turim graças a uma bolsa de estudos que ganhou. Participa ativamente em 1921 na fundação do Partido Comunista Italiano, tendo-se tornado um dos seus dirigentes. É preso, em 1926, pelo regime fascista que o condenou a 20 anos de prisão. Durante o julgamento, a acusação pediu ao juiz que “parasse este cérebro de pensar durante 20 anos”. Contudo, manteve na prisão intensa atividade e registou, entre 1929 e 1937, os seus escritos em trinta e dois cadernos que viriam a ser publicados em 1951 sob o título Cadernos do Cárcere. Enquadrando-se na corrente marxista, vai refletir sobre o problema dos intelectuais no percurso histórico italiano. Influenciou fortemente a escola crítica e histórica marxista. De entre as suas obras pode-se destacar: Gli intellettuali e organizzazione della cultura, Il Risorgimento e Letteratura e vita nazionale. Acabou por morrer na prisão.

António Gramsci in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-22 11:17:07]. Disponível na Internet: https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/$antonio-gramsci


OBRAS DO AUTOR


RELACIONADOS


Voltar