Publicado em

George Rudé

Rudé nasceu em Oslo em 1910. Em 1919, a sua família mudou-se para a Inglaterra. Formou-se em línguas modernas em Cambridge em 1931 e tornou-se professor de línguas, primeiro em Stowe e depois em St Paul’s School, em Londres. Em 1932, visitou a União Soviética tornou-se um comunista e antifascista comprometido. De 1935 a 1959, foi um membro activo do Partido Comunista Britânico, actuando em comités e angariando fundos para trabalhadores desempregados. Durante a Segunda Guerra Mundial, Rudé trabalhou com o corpo de bombeiros de Londres e licenciou-se em História na Universidade de Londres.
George Rudé foi um investigador e escritor prolífico que passou dez anos ensinando na Austrália. Embora tenha iniciado a sua carreira académica apenas aos cinquenta anos, escreveu 15 livros e editou vários outros. Foi um dos principais praticantes da ‘história de baixo’ e o seu trabalho – particularmente O Povo na Revolução Francesa (1958) – influenciou toda uma geração de historiadores da Revolução Francesa. Era um excelente professor e supervisor, muito apreciado e respeitado pelos seus pares.