Posted on

Gabriel Garcia Márquez,

Gabriel Garcia Márquez, um dos mais extraordinários romancistas contemporâneos, nasceu em Aracataca, Colômbia, em 1928. Foi jornalista, argumentista cinematográfico e escritor. Logo após ter-se exilado em Paris, onde toi correspondente durante a ditadura do general Gustavo Rojas Pinilla (1955), publicou o seu primeiro romance, La hojarasca. Em 1967, foi publicado Cem Anos de Solidão, que o consagrou como autor de categoria universal. Seguiram-se a esta obra várias narrativas e contos, quatro romances e uma ampla reportagem jornalística em forma de livro. Em 1982, recebeu o Prémio Nobel da Literatura. As suas principais obras são: La hojarasca (1955), Ninguém Escreve ao Coronel (1957), La mala hora (1961), Los funerales da la Mamã Grande (1962), Cem Anos de Solidão (1967), La increíble y triste historia de la Cândida Eréidira y su ahuela desalmada (1973), Ojos de perro azul (1974), O Outono do Patriarca (1975), O Amor nos Tempos da Cólera (1985), O General no Seu Labirinto (1989), Doce cuentos peregrinos (1992), Diatriba de amor contra un hombre sentado (1994), Do Amor e Outros Demónios (1994), Noticia de un secuestro(1996). Prepara há alguns anos as suas memórias.