Publicado em

Françoise Chandernagor

Françoise Chandernagor nasceu numa família de maçons da Creuse cruzados com descendentes de um escravo indiano. Após um começo de carreira nas altas magistraturas do Estado, dedicou integralmente a sua vida à escrita, a partir de 1993. O seu primeiro romance, A alameda do rei (1981), atingiu 600 000 exemplares de vendas em França e foi traduzido em todo o mundo. É, desde 1995, membro da Academia Goncourt, presidindo atualmente ao júri do Prémio Goncourt.